Por secretaria, 29 de Agosto de 2019

GLEAC e GOB-AC realizam Sessão Conjunta histórica

A Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, e o Grande Oriente do Brasil, Acre, realizaram no Buffet Afa Jardim, em Rio Branco, no último dia 23 de agosto de 2019, uma Sessão Conjunta histórica para celar de uma vez por todas o tão-sonhado Pacto de União que deve existir em todas as Lojas Maçônicas jurisdicionadas às ambas Grandes Potências maçônicas no Acre. A mega Sessão Solene foi presidida ritualisticamente pelo Sereníssimo Grão-Mestre Fernando Álvares Zamora, da Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, e pelo Eminente Grão-Mestre Osmir D’Albuquerque Lima Filho, do Grande Oriente do Brasil-Acre. Ao lado de cada um desses grandes dirigentes da Maçonaria Acreana, estiveram seus respectivos Eminentes Grão-Mestres. Pelo GOB-Acre, esteve Celestino Bento de Oliveira, e pela Sereníssima Grande Loja Maçônica do Acre, Francisco Higino da Rocha Maia. Também fez parte do Trono, Pedro Luís Longo, atual Secretário Geral da Confederação da Maçonaria Internacional – CMI, e Past-Grão-Mestre da Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre (2009/2012).

Para a Maçonaria Acreana, a Sessão Conjunta foi um momento histórico, que por sugestão do Orador Marcelo Moura de Oliveira, da GLEAC, deverá se repetir no próximo 21 de agosto de 2020, e assim, sucessivamente, com o mesmo objetivo de sempre, o de unir todos os maçons do Acre.

Os trabalhos ritualísticos foram executados por membros do Alto Corpo de ambas Grandes Potências e registrou a presença de mais de 180 maçons de ambas Grandes Potências. Após o encerramento da Sessão foi oferecido um luxuoso ágape.

A Sessão foi aberta ritualisticamente e os trabalhos inicialmente foram conduzidos pelo Sereníssimo Grão-Mestre Fernando Álvares Zamoras, que de imediato, todos de pé e à ordem, assistiram a entrada do Pavilhão Nacional ao som do Hino Nacional Brasileiro. Em seguida, a mesma autoridade maçônica passou a palavra ao Eminente Grão-Mestre do GOB-Ac, Osmir Lima, que inicialmente disse que estava autorizado a transmitir a todos os maçons acreano, um Tríplice e Fraternal Abraço do Soberano irmão Múcio Bonifácio Guimarães, do Grande Oriente do Brasil. Continuando com sua oratória, Osmir Lima falou do papel histórico que a Maçonaria teve no Brasil e da união que deve existir em todos os maçons e antes de passar a oratória ao próximo a falar, disse de sua imensa alegria em ver todos os maçons unidos acreanos unidos numa sessão ritualística.

Em seguida, falou o Sereníssimo Grão-Mestre Fernando Álvares Zamora que de imediato, transmitiu a mesma Oratória ao Secretário Geral da Confederação da Maçonaria Internacional – CMI, e Past-Grão Mestre da Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre (2009/2012), Pedro Luís Longo, que em suas palavras disse de sua alegria e imensa felicidade em ver os irmãos unidos como sempre deve ser. O Grande Maçom falou ainda do papel da Maçonaria Universal e de todos os maçons regulares de suas respectivas potências e antes de finalizou desejou um Tríplice e Fraterna Abraço. Retomando a Oratória, O Grão-Mestre Fernando Álvares Zamora historiou a Maçonaria Universal, seu surgimento e as divergências ocorridas, historiou a origem da Grande Loja da Inglaterra e estendeu seu discurso esplanando a história da Maçonaria brasileira e no Acre. Discursou ainda sobre a evolução humana, o homem e a maçonaria.

Dando prosseguimento aos trabalhos ritualísticos, foi a vez de o Orador da Sessão Conjunta e Histórica, Irmão Marcelo Moura, ler o ATO Número 28/2019-GLEAC 2019-2021, que confere ao eminente Grão-Mestre Osmir Lima o Título de Reconhecimento por bons trabalhos prestados à Maçonaria Acreana. À importante Comenda da Maçonaria Acreana entregue pelo Sereníssimo Grão-Mestre Fernando Álvares Zamora, Osmir Lima disse que “a partir deste momento, não mais nos separamos”, o que foi sucedido por uma salva de palmas demorada. Após receber a Alta Comenda, Osmir Lima quebrou o Ritual, concedendo um abraço fraternal ao Sereníssimo Grão-Mestre Feranndo Álvares Zamora, o que foi por todos visto como o momento mais importante da Sessão Conjunta.

Após as justas e honrosas homenagens, a palavra foi facultada à bem da Ordem em ambas Colunas. O Segundo Vigilante disse de sua alegria e por estar presente à Sessão Conjunta histórica. Na Coluna do Sul, o 1º Vigilante fez um pequeno discurso dizendo de sua felicidade em estar presente e cumprimentou a todos ritualisticamente.

A palavra voltou ao Trono e o Sereníssimo Grão-Mestre Fernando Álvares Zamorapediu que o Orador desse suas conclusões ritualísticas sobre os trabalhos, e este, ritualisticamente, disse que todos os trabalhos cumpriram ritualisticamente seus trabalhos e pediu o encerramento da Sessão Conjunta e histórica, o que foi atendido.

Antes do encerramento dos trabalhos, foi proferido peloSecretário Geral da Confederação da Maçonaria Internacional – CMI, e Past-Grão-Mestre da Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, Pedro Luís Longo, a saudação ao Pavilhão Nacional, e o Pavilhão Nacional foi honrosamente retirado solenemente com respeito e honra devida ao som do Hino à Bandeira.

E assim foi encerrado a tão sonhada Sessão Solene e Histórica de ambas Grandes Potências da Maçonaria Acreana, a Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, e o Grande Oriente do Brasil-Acre.

Compareceram as mais importantes autoridades maçônicas de ambas potências maçônicas e também, compareceram grandes quantidades de maçons de lojas do interior do Estado.