Por secretaria, 11 de Setembro de 2019

Loja “Acre Cavaleiros de Aço”, N.º 22 realiza primeira iniciação

             No Augusto Templo da “Igualdade Acreana”, N.º 2, foi realizado no domingo, 8 de setembro de 2019, a primeira iniciação de neófitos da Loja Maçônica “Acre Cavaleiros de Aço”, N.º 22. A iniciação configurou-se como um fato histórico na Maçonaria Acreana, ou seja, foi realizado as três primeiras iniciações da Ordem no Rito de York. Todo o Ritual de Iniciação foi conduzido pelo Venerável Mestre Alexsander Menezes Mendes. 

            A Loja “Acre Cavaleiros de Aço” realizou no domingo pela manhã daquele dia, a primeira iniciação de neófitos no Rito de York. Foram iniciados 4 profanos. Foram iniciados José Santos Nogueira, Nilton Brito de Amorim, André Luiz Teixeira de Carvalho, e Renato Augusto Fernandes.

            Na História da Maçonaria no Brasil, registra o ano de 1993, o ano da implantação do Rito de York, e no Acre, o mesmo Rito foi implantado em 2019, quando foi fundada a primeira loja maçônica, a “Loja Maçônica “Acre Cavaleiros de Aço”, N.º 22, fundada em  13 de abril de 2019. Dois dias antes daquela iniciação, o Venerável Mestre Alexsander Menezes Mendes recebeu na Sede da Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, a CARTA CONSTITUTIVA (PROVISÓRIA) datada de 28 de agosto de 2019 da Era Vigente. A CARTA CONSTITUTIVA foi assinada pelo Grão-Mestre, em Exercício, Francisco Higino da Rocha Maia, José Cavalcante Damasceno Junior (Grande 1.º Vigilante), Marcelo Moura de Oliveira (Grande 2.º Secretário), João Manoel de Souza Mendes (Grande Orador), Valério Lourenço de Araújo (Grande Secretário de Relações Interiores), Cleilton de Nazaré Costa (Grande Secretário de Relações Exteriores), e Edemirton de Araújo Teixeira (Grande Tesoureiro).

            Para quem esteve presente ao Ritual de Iniciação, foi observado leveza diferença ritualística do Rito de York em relação a iniciação do Rito Escocês Antigo e Aceito. Foi uma iniciação impecável ritualisticamente registrada. Estiveram presente um bom e excessivo número de irmãos de outras lojas maçônicas, ao todo, foram registrados de 40 obreiros. Prestigiaram os veneráveis Jaime Fontes Vasconcelos (Augusta e Benemérita Loja Maçônica “Igualdade Acreana”, Nº. 2), Telson Camilo Vieira Junior (Loja Maçônica “Fraterno Amor”, N.º 17), e Erick Pinheiro Caniso (Loja Maçônica “Obreiros da Paz”, N.º 19).No Augusto Trono e ao lado do Venerável Mestre Alexsander Menezes Mendes, foram registrados a presença do Grão-Mestre, em Exercício, José Cavalcante Damasceno Junior. Como membros dos Alto Corpo da Grande Loja, estiveram presentes Valério Lourenço de Araújo (Grande Secretário de Relações Interiores), e José Wilson Aguiar (Grande Secretário de Imprensa).

            No uso da palavra a bem da Ordem, o Grão-Mestre, em Exercício, em nome da Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, José Cavalcante Damasceno Junior, deu boas-vindas e expressou um pouco do que vem a ser maçom e falou ainda, dos princípios da Maçonaria Universal. Antes da fala do Grão-Mestre, em Exercício, usou a palavra Telson Camilo Vieira Junior, Venerável Mestre da Loja Maçônica “Fraterno Amor”. Em seguida, foi a vez do igual Venerável Mestre da Loja “Igualdade Acreana”, Jaime Fontes Vasconcelos, que expressou o papel do maçom na sociedade e na família, e antes de finalizar sua fala, deu também boas-vindas aos novos maçons da Maçonaria Acreana. Antes da fala do Grão-Mestre, em Exercício, falou o Venerável Mestre Alexsander Menezes Mendes, que também deu boas-vindas e historiou um pouco sobre o Rito de York, a antes do encerramento de sua fala, agradeceu a maciça presenta dos presentes.

            Um registro se faz necessário. A Bolsa de Beneficência foi em benefício da cunhada Keila, esposa do maçom João Renato, obreiro da Loja “Templários do Deserto”, N.º 13, que se encontra em tratamento de saúde.

            Após o fim da Iniciação, foi oferecido um ágape ao meio dia, que reuniu toda a família maçônica da Loja “Acre Cavaleiros de Aço”.